Exposição “Tempo” - Artista Alex Senna 

Alex Senna ocupa a TAG Gallery com a exposição “Tempo”

Fazer o tempo parar. É isso que pretende o personagem central da obra de Alex Senna, que ora aparece jovem, ora idoso. Natural de Orlândia, Alex sempre se assustou com o tempo da cidade grande, tão diferente do que viveu na infância e adolescência. Precisava mostrar para quem está sempre correndo em São Paulo que um outro tempo é possível. Se inspirou nas dores das pessoas que observa, e nas próprias, para nos lembrar que momentos de introspecção e sentimentos reais, mesmo que difíceis, são importantes – principalmente numa cidade onde as coisas podem ser superficiais, efêmeras.

Com olhar sensível, Alex explicita os maiores dilemas de cada tempo de maneira simples, quase ingênua. Os personagens mais novos costumam estar acompanhados, ou sozinhos pensando nos parceiros. Já os mais velhos costumam lidar com a solidão. “O lance é que São Paulo é tão caótica que eu queria retratar situações opostas às quais a gente vive aqui. A cidade dá uma ilusão de que a vida precisa ser corrida, mas não é assim. Às vezes quando você retrata um casal numa situação mais íntima, é como se por um momento eu desacelerasse o dia do espectador.”

Para esta exposição na Tag Gallery, Alex traz ainda outro recurso para destacar estes momentos tão caros a ele (e todos nós): fez do ponto de partida de suas telas o preto, como se o branco trouxesse esperança a esses personagens melancólicos. Também preparou uma escultura que ficará exposta na Praça do Verdi, que ganha esse nome porque já abriga uma escultura do compositor italiano romântico Giuseppe Verdi. O espaço fica em frente ao prédio da Tag Gallery, que estará aberto e contará com visita guiada nos horários de funcionamento da galeria.

“Tempo” de Alex Senna Tag Gallery